segunda-feira, 20 de junho de 2011

Blue Valentine (Namorados para Sempre)


Fui assistir Namorados para Sempre (Blue Valentine) na véspera do dia dos namorados achando que seria uma boa maneira de entrar no clima romântico... E me dei mal. Saí do cinema triste, decepcionada com o filme e com a dureza da realidade conjugal.
O filme não é sobre como manter o romance, mas sim sobre a deterioração de um relacionamento amoroso.
Mostra também o sofrimento do amor unilateral (é dilacerante amar mais do que ser amado, deveria ser proibido por lei!).
Achei curioso que todas as sinopses que eu li sobre o filme, diziam que se tratava de uma história de amor. Será que as pessoas que escrevem as sinopses assistem aos filmes ou só reproduzem o que os estúdios repassam? Estou falando de sinopses não de críticas...
Namorados para Sempre (tradução mais descabida) foi indicado ao Oscar de melhor filme e os atores principais Ryan Gosling e Michelle Williams moraram juntos durante um mês antes de iniciarem as filmagens, para dar mais cumplicidade aos seus personagens. Deu certo.
Considero Blue Valentine um bom filme triste!

Obs: os homens que estavam na platéia saíram indignados com o comportamento da protagonista.
Não sou feminista de "carteirinha" e tampouco tolero machismo, mas me solidarizei com o protagonista, às vezes é muito difícil saber o que as mulheres querem! O que é encantador no começo do relacionamento passa a ser irritante a longo prazo.
Será que é sempre necessário se reinventar para encantar? Fica a reflexão...

Um comentário:

  1. as vezes o titulo do filme foi bem cabido sim, porque geralmente fazemos aquela ideia de namoro como algo romantico, mas ser namorado para sempre é enfrentar exatamente o que ryan e michelle enfrentaram no filme. além disso, mostrou o inicio e o fim, não mostrou o meio. o que dá pra entender é que a michelle não tinha nojo necessariamente... ela, por ser a parte menos apaixonada, só não aguentava mais e ninguem sabe o que ela pode ter aguentado dele antes [além do alcool, ao qual ela faz uma breve reclamação] pra chegarem nesse ponto.

    ResponderExcluir