domingo, 22 de julho de 2012

A Delicadeza do Amor



Nem sei direito como começar a falar sobre esse filme. Posso assegurar que ele está, no momento, no topo da minha lista de filmes preferidos.
Já escrevi em outros posts o que me fascina no cinema, e um dos grandes prazeres que tenho é me emocionar com um filme. A Delicadeza do Amor cumpre essa função.
O filme é exatamente a tradução literal do título, fala sobre como deve ser o amor: delicado, generoso, atencioso, altruísta e ilimitado. Qualquer coisa diferente disso tem outro nome...
A história tem como personagem principal Nathalie Kerr (Audrey Tautou), uma mulher bonita e feliz no casamento que num infortúnio fica viúva e perde o grande amor de sua vida.
Ela então se fecha para o mundo, até se deixar conquistar por um colega de trabalho, Markus Lundi (François Damiens), desprovido de atributos físicos e aparentemente desinteressante. Aí é que está a beleza do filme, o amor não se baseia no que é óbvio, certo, racional e esteticamente perfeito. O amor é o encontro de almas, é sobre isso que se trata o filme.
A história tem como tema principal o amor entre um homem e uma mulher, mas também aborda o amor entre amigos e familiares.

PS: Para mim, Markus tem todas as características de um homem irresistível! Ficaram curiosos? Assistam o filme.

Um comentário:

  1. Parabéns pela crítica, é um excelente filme, realmente!

    ResponderExcluir